Resiliência, uma característica para os fortes!

Por Fabíola Santana

Cair, levantar e seguir em frente,esse esquema faz parte da vida de qualquer pessoa, inclusive aqueles que conseguiram realizar grandes feitos.

Basta pesquisar a história de pessoas inspiradoras como, Mandela, Albert Einstein, Stephen Hawking e tantos outros, e prestar atenção aos acontecimentos não muito agradáveis que aconteceram em suas vidas, mas que de alguma forma contribuíram em muitos acontecimentos excelentes, ou até mesmo experiências para seguir em frente.

Uma importante característica para não ser travado, por esses acontecimentos inesperados ou tornar-se uma pessoa amarga, achando que tudo de ruim só acontece a você, é a resiliência.
Porém não confunda “resistência” com “resiliência, são diferentes características.

De acordo com Ana Maria Rossi, presidente do Isma-BR, associação brasileira integrante da International Stress Management-ISMA, voltada à pesquisa e ao desenvolvimento da prevenção e do tratamento de estresse no mundo.
“Uma pessoa resistente é aquela que ‘segura as pontas’, resistindo a situações de pressão. Já uma pessoa resiliente, além de suportar a pressão, aprende com as dificuldades e os desafios, usando sua flexibilidade para se adaptar e sua criatividade para encontrar soluções alternativas”.
Complementando a ideia acima, “Ser resiliente é ter a capacidade de enfrentar crises, traumas, perdas, graves adversidades, transformações, rupturas e desafios, elaborando as situações e recuperando-se diante delas”, explica Paulo Yazig Sabbag, professor de gestão de projetos e gestão do conhecimento da Faculdade Getúlio Vargas-FGV.

É importante saber que dificuldades e pedras no caminhos sempre aparecerão, a vida de ninguém é sempre um “mar de rosas”; entretanto manter pensamentos positivos só depende de você, aprender, levantar e seguir em frente também.
Por isso não podemos deixar que episódios difíceis ditem o caminho que a nossa vida vai levar, devemos ter a criatividade que a resiliência nos traz e fazer do limão uma limonada, devemos ter força para transformar episódios tristes em lições para nossa vida.