Sobre Nós

Olá

Vamos direto ao ponto?!
Quero conversar com você sobre o que eu acredito.
Acredito que você está cheio de planos.
E acredito que não importa onde você está começando, o que vai contar mesmo é a sua dedicação durante a caminhada.

Ouso dizer que a única receita pronta para o sucesso que conheço é dar o melhor de si – também acredito em um pouco de sorte, mas que ela só aparece quando você faz sua parte!

Quando falo em melhor de si, quero dizer conhecer os seus pontos fortes e colocá-los para trabalhar a seu favor.

Acredito que o trabalho vai tomar a maior parte da sua vida e que muito do que acontece antes mesmo da hora em que decidimos qual vestibular prestar influencia bastante as nossas carreiras, mas que as decisões concretas começam a aparecer nesta fase da vida – colegial e faculdade – e quanto mais você puder escolher de forma consciente, melhor será o caminho.

Acredito que o melhor é olhar o que você fez, o que está fazendo e onde quer chegar com a sua vida, para aproveitar cada passo e, entre erros e acertos,  ver que tudo valeu a pena!

Destas crenças nasceu a Loite em 2007.

E você? No que você acredita?

Fernanda Lopes de Macedo Thees

infografico

Onde Começamos

A Loite, formalmente dizendo, surgiu em 2007, mas muito antes deste ano ela já estava sendo “incubada”…

Ela começou a surgir a partir do momento que decidi que as pessoas seriam o meu foco, foi quando comecei a trabalhar na área de Recursos Humanos e percebi que era nesta área que eu queria me desenvolver.

Alguns anos mais tarde eu tive a oportunidade de morar fora do Brasil; primeiro na Suíça e depois nos EUA, trabalhando na área de Recursos Humanos, e pude ver que a área era tratada de uma forma muito diferente de como acontecia no Brasil.

Quando comecei a entrevistar um volume grande de pessoas, comecei a me perguntar o motivo que fazia com que algumas pessoas passassem nos processos seletivos e outras não, apesar de todas as qualificações e experiência que tinham, muitas vezes, bem parecidas e excelentes.

Entre experiências de trabalho, visitas a faculdades nos EUA, e meu mestrado em Psicologia Organizacional, vi que um dos serviços que era comum nas faculdades fora do Brasil era o de Orientação de Carreira e aí veio a pergunta: por que não desenvolver este serviço no Brasil?

Parceiros

foto_fernanda-lopes

Fernanda Lopes de Macedo Thees

Fiz faculdade de Administração de Empresas na UFJF (sim, eu estava no grupo das pessoas que escolhem administração pois não têm muita certeza do que querem), mas desde a primeira aula de Recursos Humanos desconfiei que estava ali pelas pessoas. Com o passar do curso, tive cada vez mais certeza disso e meu primeiro, e todos os outros trabalhos, foram em RH. Comecei a trabalhar em Juiz de Fora, na Lafel e MRS, em 1999 fiz trabalho voluntário para a Cruz Vermelha, na Suíça, depois fiquei mais 2 anos na Suíça trabalhando nas áreas de Desenvolvimento de Talentos e Treinamentos Interculturais do UBS. De lá, fui transferida para os EUA por mais 2 anos, onde também recebi bolsa para cursar meu mestrado, e adivinhem em que? Psicologia Organizacional, na University of New Haven – maravilha!!!

Em 2003 voltei para o Brasil e passei por uma crise de identidade… Já tinha começado uma carreira internacional, já tinha sido gerente de um belo programa nos EUA aos 26 anos, tinha um mestrado, falava inglês fluente, mas parecia que não era o suficiente. Fiquei mais de 1 ano batendo cabeça, insistindo em coisas que não estavam dando certo; talvez tenha perdido um pouco a humildade. Fiz vários pequenos projetos e continuava buscando uma oportunidade de trabalho, até que participei de 2 processos seletivos que, meio em paralelo, foram dando certo e o resultado foi que recebi oferta dos dois! E o que é mais interessante? Eu estava grávida, e os dois sabiam disso! Optei por trabalhar na McKinsey, em Recrutamento e Seleção. Mais uma excelente escola, profissionais brilhantes, mas em 2007 resolvi deixar o conforto e fazer o que sempre quis: ter meu negócio, ser dona do meu nariz (com todos os bônus e ônus), e hoje estou aqui, trabalhando para auxiliar as pessoas que passam pelo mesmo que já passei, e que muitos passam.

Se você tem a vontade e a coragem de se conhecer melhor, e se você acredita que isso pode te ajudar a tomar melhores decisões, a estar melhor preparado para processos seletivos, a reconhecer suas próprias experiências e histórias, estamos juntos!

foto_anderson

Anderson Thees

foto_daniela

Daniela Gutierrez

Sou uma curiosa por natureza. Desde adolescente buscava explicação para os fenômenos e condições sociais.
Foi aí que surgiu as Ciências Sociais, depois a Socionimia, especialização que ajuda a desenvolver e diagnosticar fenômenos grupais, a educação à distância e, finalmente, a Consultoria de Carreira realizada na FIA.
Depois de doze anos treinando mais de 20 mil pessoas, surgiu a paixão por orientar individualmente, respeitando cada momento e expectativa do cliente.

Nos últimos anos atendi empresas como: Unilever, Bosch, Natura, BRF, RedBull, HSBC, Serasa Experian, Whirlpool, Grupo Votorantim, entre outras.

Sou professora convidada pela Fundação Dom Cabral no Programa de empresas familiares, auxiliando na carreira e planos de sucessão de herdeiros. Também, ministro temas como: Gestão Estratégica de Pessoas, Influência sem autoridade, Formação de Mentores, Comunicação e Feedback, Formação de Equipes de alta performance, Gestão de Carreiras e Autodesenvolvimento.

foto_fabiola

Fabíola Santana

Após me formar em Gestão de Recursos Humanos, fiz alguns cursos relacionados à área. Entretanto, ainda tenho muito a estudar e aprender. Acredito muito no desenvolvimento que a educação nos traz.

Escolhi essa profissão por, desde pequena, ser praticante e me interessar por observar as pessoas.  A partir daí, percebi uma aptidão por escutar e tentar ajudar as pessoas ao meu redor. Acredito que a área de Recursos Humanos me dá a oportunidade de trabalhar em algo que gosto e de desenvolver ainda mais esta aptidão.

Na Loite eu trabalho na área de carreira e acompanhamento de processos seletivos.

Se você vai passar pela Loite por algum motivo, com certeza nos encontraremos, espero poder ajudá-lo(a) de alguma maneira!

foto_fernanda-baro

Fernanda Baroboskin

Apaixonada pelo ser humano, sou formada em Letras pela USP e fiz diversos cursos na área de Recursos Humanos em reconhecidas instituições brasileiras e internacionais. Iniciei minha carreira como Assistente Executiva e migrei para a área de RH, atuando especificamente em Seleção de Executivos, Treinamento e Desenvolvimento Organizacional e Gestão de Carreira. Sempre em busca de aprimoramento, certifiquei-me em 2012 pela ICF em Coaching Executivo e em Coaching de Vida e venho atuando também como Coach desde então – e adoro!

Possuo mais de dezoito anos de carreira, dentre os quais dez diretamente em RH. Tive a oportunidade de atuar em empresas e consultorias como Boyden, Pernod Ricard e Sanofi Aventis. Na Loite, meu foco tem sido Coaching, Seleção de Executivos e Gestão de Carreira.

A formação em Letras me ajudou muito em uma de minhas paixões: idiomas. Hoje sou fluente em inglês, espanhol e italiano. Sou bastante curiosa e estou sempre buscando novos conhecimentos e técnicas para prestar sempre o melhor atendimento a quem nos procura. Outra paixão, viajar, contribui para que eu aprofunde meus conhecimentos e vivências em diferentes culturas, facilitando ainda mais o trabalho com pessoas.

Acredito que o ser humano se desenvolve de uma maneira ou de outra, mas pode escolher um caminho mais fácil e mais veloz, abrindo-se mais para a vida e preparando-se melhor para os desafios. Você não precisa saltar de pára-quedas literalmente como eu, mas pode mergulhar no mundo fascinante que está dentro de você, esperando para ser explorado!

Venha se descobrir e se aprimorar conosco. É nosso trabalho e nosso prazer!

foto_lara

Lara Ikematsu

Apesar dos meus olhos “puxados”, da minha descendência oriental, a minha escolha foi pela área de humanas. Nada contra a área de exatas; pelo contrário! Na minha opinião é fantástica a possibilidade de cálculos, previsões e análises por meio dos números. Porém, acredito que 1+1 pode ser mais do que 2 quando falamos de pessoas e gosto muito de ver como cada um desenvolve o seu próprio jeito.

Escolhi me formar em Psicologia e me especializei em Gestão de RH. Já atuei na parte mais administrativa do RH, mas a minha maior vivência foi na área de R&S. Acabei de voltar da realização de um sonho antigo: morar um tempo fora.

Aqui na Loite eu atuo onde me chamam para colaborar, mas ultimamente o meu foco está mais em orientação de carreira e em desenvolvimento de conteúdo.

foto_leticia

Letícia Castelo

Leticia escolheu psicologia por ser apaixonada por pessoas e por se interessar em conhecer e poder contribuir com o desenvolvimento delas. Compreendendo o papel central do eixo profissional nos demais campos da nossa vida, a psicóloga definiu como foco de atuação a promoção do desenvolvimento profissional de jovens e adultos. Pensando nisso, gosta também de estar em constante desenvolvimento.  Realizou uma pós-graduação em Orientação Profissional e de Carreira, além do MBA em Gestão de Pessoas, pela Fundação Getúlio Vargas, e está sempre buscando novos cursos e participando de congressos para seu aprimoramento pessoal e profissional.

Na Loite, trabalha com Orientação Profissional de jovens ainda no ensino médio, geralmente no momento em que têm que definir a faculdade e curso que querem cursar.

Realiza trabalhos de orientação profissional individuais e em grupo, palestras e workshops nessa área, e está envolvida ativamente na construção de estratégias inovadoras e efetivas para facilitação dos processos de primeira escolha e re-escolha profissional.