Como aumentar sua produtividade?

Por Fernanda Lopes de Macedo Thees

 2016 já começou! Já estamos no fim de janeiro e você ainda não conseguiu se organizar para o novo ano, não sabe nem o que quer realizar, ou até sabe, mas não consegue ser produtivo, e o tempo passa…

 Ano passado, 1/3 das pessoas que fizeram coaching comigo tinham como meta principal, ou parte dela, ser mais produtivo e organizado. Essas características podem ser fortes traços de personalidade em algumas pessoas, mas se você não fizer parte deste grupo, isso não significa que não possa aprendê-las, criar melhores hábitos e estratégias. O importante é não desanimar e trabalhar para atingir seus resultados com objetividade e sucesso!

Desde que comecei meu negócio, a Loite, em 2007, os últimos 2 anos foram bem desafiadores pois estou tendo dificuldade de organizar meu tempo entre trabalho e família/casa, e senti claramente que minha produtividade despencou. Minha impressão é que perdi o controle do meu tempo (o que me deixa muito angustiada!!!).

 A Você S/A de janeiro trata exatamente sobre este tema e vou trazer para vocês alguns trechos.

 Sobre produtividade, organização e planejamento:
“Planejamento. Já tenho a minha agenda de viagens do ano que vem, por exemplo. No dia a dia, penso o que quero conquistar com cada uma das minhas atividades. E também reflito sobre as prioridades. Ao olhar minhas listas, pergunto: “O que não posso deixar para amanhã?” Assim mato as coisas importantes. E criei um sistema para categorizar reuniões. Grau um é quando vai acabar o mundo, dois é importante, três é se tiver tempo.”
– Romero Rodrigues, Diretor do fundo de investimentos Redpoint eventures e conselheiro do Buscapé Company

“Organização mental. É preciso ter objetivos, organizar o dia sem estresse. Faço isso como hábito. Organizo meu dia seguinte no dia anterior e divido as tarefas fazendo com que uma coisa não invada a outra. O objetivo é priorizar tudo, sem uma atividade atropelar a seguinte.”
– Ivete Sangalo, cantora

“Passei, com o tempo, a dar muito mais importância ao processo de planejamento, que é fundamental para a organização do trabalho e para estabelecer prioridades. Não trato mais as questões como se fossem incêndios de última hora. Agora sei separar o urgente do importante.”
– David González, presidente da Intel do Brasil

“Como minha agenda é muito cheia, a minha regra pessoal é sempre começar e terminar a reunião no horário combinado previamente.”
– Maria Fernanda Albuquerque, Diretora da Ambev

“É importante ter gente boa ao redor, e estou cada vez mais contente com quem trabalha comigo. O pessoal cumpre a missão à risca. Em meus restaurantes, fico com parte da cozinha, que é o que sei fazer bem, e me certifico da qualidade dos profissionais que estão ao meu lado. Tudo para entregar o melhor serviço aos clientes. Não fico o tempo todo em todos os lugares, mas me mantenho sempre presente.”
– Henrique Fogaça, chef de cozinha

Sobre como enfrentar períodos turbulentos:
“Sem sofrer. Quando estou sobrecarregado, a primeira coisa é limpar a agenda da semana seguinte. As prioridades são redefinidas para resolver as pendências. Se precisar, trabalho muito – mas procuro ser eficaz para voltar logo para meu momento de lazer. Por isso, evito ao máximo qualquer tipo de interrupção. O que mais me irrita é a sensação de estar sobrecarregado, de não conseguir produzir o que quero nem dar uma resposta para as pessoas. Isso me incomoda mais do que um problema grave, que a gente divide e resolve.”
– Romero Rodrigues

“Quando vivi nos Estados Unidos no meio da crise, notei como é importante ficar calmo na hora da tempestade e ter uma perspectiva de longo prazo. É algo para se trabalhar. Todo mundo que pretende ser um bom executivo em mercados emergentes tem que lidar com momentos de efervescência e momentos de queda.”
– David González

Estratégia para se concentrar:
“Eu digo para mim mesma: Você agora tem que focar nisso”
– Ivete Sangalo

“Coloco os fones de ouvido e começo a ouvir música.”
– David González

“Meto um fone de ouvido e me desligo de tudo.”
– Henrique Fogaça

Minha dica pessoal recente é tirar o alarme de todos os grupos do whatsapp que não sejam sobre assuntos urgentes/importantes. Além disso, minha mensagem automatica é “Se for algo urgente, por favor, me ligue.” Preciso me concentrar e não interromper minha atividade toda vez que o “Bamboo Sound” toca, mas também não quero deixar de responder se for algo urgente. É impressionante a capacidade que um simples aparelho (e todos os apps, e-mail, redes sociais, etc) tem de tirar nossa atenção, concentração e portanto diminuir a produtividade. Precisamos aprender a utilizar e aproveitar as novas tecnologias, mas usando todas a nosso favor!

Um 2016 muito produtivo para vocês!